governo.gov.ao

Perfil do vice-governador PARA O SECTOR de LUANDA

LINO QUIENDA MATEUS SEBASTIÃO 

Filho de: Paulino Sebastião e de Maria Mateus Sebastião 

Nasceu no dia 6 de Junho de 1974

Natural de Luanda, província de Luanda

Experiência profissional 

Administrador Municipal Adjunto para Área Financeira e Orçamental do Cazenga (Agosto 2018 – Maio 2019)

Secretário Geral da Inspecção Geral da Administração do Estado (Dezembro 2015 - Julho 2018)

Director Nacional dos Orçamentos Locais (Maio 2013 a Julho 2015)

Delegado Provincial de Finanças do Bié (Fevereiro 2012 a Maio 2013).

Chefe de 'Secção dos Órgãos Produtivos da Direcção Nacional do Orçamento (2005 - 2008).

Técnico Superior De ia Classe (2010)

Técnico Superior de 2a Classe (2005)

Técnico de 3a Classe (2002).

Outras responsabilidades desempenhadas no âmbito da área funcional

Presidente nomeado do Conselho Fiscal da ENDIAMA, E.P. (2015 - 2019)

Palestrante do tema Programação orçamental e as etapas do ciclo orçamental, nas 3a Jornadas do Grupo Parlamentar do MPLA (Out 2010)

Representante do Ministério das Finanças no Grupo Técnico de Recadastramento do Efectivo da Polícia Nacional (2009);

Representante da Direcção Nacional do Orçamento na Comissão Instaladora da CENCO - Central de Compras (2008)

Membro Vogal do Conselho Fiscal da SOPIR,SA (2006-2009)

Chefe de Secção dos Órgãos Produtivos na Direcção Nacional do Orçamento (2005 - 2008) 

Participação nos trabalhos da Comissão Preparatória da 26a Conferência da FAO 2010), da Comissão Instaladora do Gabinete de Infra-estruturação da Bacia do Cuvelai (2009) e da Comissão lnstaíadora do Tribunal Constitucional (2008).

 Principais actividades e responsabilidades do actual cargo 

Gestão corrente da Direcção e Consolidação das propostas de orçamentos dos órgão locais e supervisão do processo de elaboração e execução dos orçamentos dos órgãos da administração local. Participação no processo de preparação e no processo de consolidação do Orçamento Geral do Estado.  

Data 2012 à presente data.

Função ou Cargo Membro Vogal do Conselho Fiscal da Federação Angolana de Basquetebol Entidade Contratante Federação Angolana de Basquetebol.

Principais Responsabilidades

Acompanhamento e aconselhamento do cumprimento das obrigações fiscais e das normas estabelecidas para apresentação das demonstrações financeiras, da proposta de orçamento do órgão bem como da conformidade do funcionamento dos órgãos sociais.

Data 2005 a 2008

Função ou Cargo

Membro Vogal- Técnico de Contas - do Conselho Fiscal da Sociedade de Desenvolvimento dos Perímetros Irrigados - SOPIR,SA

Entidade Contratante: Instituto Angolano de Participações do Estado e Instituto de Desenvolvimento Agrário, na qualidade de accionistas

Principais Responsabilidades: Acompanhamento e aconselhamento do cumprimento das obrigações fiscais e das normas estabelecidas para apresentação das demonstrações financeiras e demais deveres nos termos do regulamento ora vigente do CF bem como outros deveres, por analogia, adaptados do Decreto

Executivo 42/01 J de 6 de Julho - que Aprova o regulamento dos Conselhos Fiscais das Empresas Públicas

 Outros Conselhos Fiscais Integrados: Associação Nacional de Juízes de Basquetebol de Angola (2005-2012)

 Associação Nacional dos Desportos Universitários (1995-2002)

 Data: 2008 a 2010

Função: Docente de Contabilidade Financeira

Entidade: Universidade Técnica De Angola - UTANGA

FORMAÇÃO E FREQUÊNCIA ACADÉMICA E PROFISSIONAL 

Data 2018

Frequência Vª Edição do Mestrado de Direito Fiscal

Faculdade de Direito da Universidade Agostinho Neto 

Data 2012 a 2013 

Pós - Graduação em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais

Faculdade de Economia da Universidade José Eduardo dos Santo/ Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa- 

2008 - 2010

Frequência ao mestrado de Economia Monetária e Financeira

Universidade Metodista de Angola/Universidade de Évora 

De 1994 a 2001

Licenciatura em economia

Economia e Finanças Públicas

Contabilidade Geral e Analítica;

Gestão de Empresas ;

Análises Matemática e Estatística

Micro e Macro Economias ;

Planeamento;

Investigação Operacional ;

Métodos de Previsão

Política Económica

Teoria e Política Monetária

Economia Internacional

Análise de Projectos de Investimentos :

Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto 

Data 07 a 25 de Abril de 2008

Designação       Curso sobre o Sistema de Estatísticas de Finanças Públicas de 2001 do FMI (enquadrado no Projecto de Reforma Fiscal em Angola) 

Organização do Ensino Ministério das Finanças e USAID

Data Decurso de 2007 

Designação l Curso: de Finanças Públicas (enquadrado no projecto de formação dos quadros da função finanças

pública) 

Organização de Ensino: Instituto de Formação do Sector Financeiro do Estado do Ministério das Finanças e Instituto Superior

Profissional Politécnico de Angola (em pareceria com a Fundação Gerlúlio Vargas) 

Data Setembro de 2004 

Designação Formação de formadores em Técnicas de Planeamento

Organização de Ensino Instituto de Administração de Portugal e Instituto Nacional de Administração e Gestão de Cabo Verde

(enquadrado no programa PIR PAlOP II) 

Aptidões e competências pessoais 

 Língua Português 

Conversação

Outra(s) língua{s)

Auto-avaliação

Nível europeu (*)

Inglês Compreensão oral e Escrita 

(*) Nível do Quadro Europeu Comum de Referencia (CECR)

Página 3 

Aptidões e competências sociais 

Espírito de Equipa;

Capacidade de adaptação a ambientes Multiculturais;

Boa capacidade de comunicação.

Estas características têm sido adquiridas no desempenho das actividades ligadas ao

profissionalismo, ao desporto e ao associativismo. 

Aptidões e competências de

organização

Capacidade de Liderança;

Capacidade gestão de equipas.

Estas características têm sido adquiridas no desempenho das actividades ligadas ao profissionalismo, ao desporto e ao associativismo. 

Aptidões e competências 

Domínio do software Office (Word e EXCEL)

informáticas Domínio dos softwares de contabilidade 

Outras aptidões e competências 

Prática de Basquetebol em diversas equipas do campeonato nacional sénior masculino durante 11 anos;

Prática de Futebol 11 e outras modalidades;